15 de abril de 2008

PROFESSORES. É bom saber que não sou só eu a pensar isto.